Home Cidades Possibilidade de saída da GM aterroriza e mobiliza São Caetano

Possibilidade de saída da GM aterroriza e mobiliza São Caetano

11,898

Desde a última sexta-feira (18), os cerca de 4,5 mil funcionários da General Motors e a Prefeitura de São Caetano do Sul vivem apreensivos com uma eventual saída da montadora do Brasil. Em comunicado enviado a funcionários das cinco unidades da multinacional no País, o presidente do grupo para o Mercosul, Carlos Zarlenga, informa que investimentos e o futuro da empresa dependem da volta de operações lucrativas ainda neste ano.

Apesar de não ter sido claro quanto ao futuro, Zarlenga utilizou reportagem do jornal Detroit News na qual a presidente mundial da montadora, Mary Barra, informa a acionistas estar considerando a possibilidade de deixar a América do Sul (Argentina e Brasil). Segundo ela, “não vamos continuar investindo para perder dinheiro”.

Apesar de o cenário de crise informado pela presidente, no Brasil, a General Motors é líder de vendas com o Onix. Caso a saída se concretize, a cidade perderia entre empregos direitos e indiretos cerca de 9 mil postos de trabalho, além da arrecadação de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) pela Prefeitura, estimada em cerca de R$ 80 milhões por ano.

Após o comunicado do presidente do grupo, empregados, sindicatos, Prefeitura e Câmara Municipal estão mobilizados em busca de diálogo com a multinacional e os governos estadual e federal.

Crédito da foto: divulgação

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Cidades
Comentários estão bloqueados.

Verifique também

Manifestação de hoje (26) é ‘jogada de alto risco’ de Bolsonaro

Com sua base de apoio debilitada, o presidente Jair Bolsonaro pode sair ainda mais frágil …