Home Sem Categoria Mais uma denúncia de descaso do governo Orlando Morando com a cidade

Mais uma denúncia de descaso do governo Orlando Morando com a cidade

1,863

As redes sociais têm sido a voz de moradores de diversos bairros de São Bernardo do Campo para denunciar o descaso do governo do prefeito Orlando Morando (PSDB) com a manutenção e limpeza de ruas e praças pela cidade. As denúncias de descaso com serviços de zeladoria urbana chegam das mais diversas regiões, do Centro à periferia, onde são mais gritantes.

Desta vez, a queixa é de um morador do Baeta Neves. O vídeo, gravado na Avenida Getúlio Vargas, no Baeta Neves, mostra a calçada praticamente intransitável por conta do mato alto. “Pessoal, dá uma olhada no tamanho do mato que está na calçada perto do ponto de ônibus. Olha a vergonha do governo Orlando Morando!”, afirma morador em vídeo que enviou para o ABCD Maior (confira abaixo).

As denúncias envolvendo a gestão Orlando Morando nestes quase dois anos de mandato são diversas, abrangem variadas áreas e incluem dois ex-secretários investigado por corrupção (Mário Henrique de Abreu, Gestão Ambiental, e Carlos Roberto Maciel, Coordenadoria de Assuntos Governamentais) e o vice-prefeito Marcelo Lima, acusado de ter comprado apoio político para as eleições deste ano pagando R$ 30 mil em espécie.

Além destes problemas, moradores sofrem com demolição de suas casas. Em vez de construir, o prefeito contratou empresa para as demolições, que já ocorreram no Cafezal, Parque São Bernardo, Pós-Balsa, Vila Moraes e Alvarenga, entre outros.

Na Saúde, por exemplo, houve demissão de agentes de saúde, desmonte do Programa Saúde da Família, paciente dormindo em corredor à espera de atendimento médico, filas para realização de exames, consulta sendo feita por enfermeiro, falta de médicos etc. Durante a campanha eleitoral, Orlando Morando prometeu a contratação de 300 médicos.

E a paralização, quando assumiu, das obras de combate a enchentes no Centro e, mais tarde, a contratação de uma auditoria, que nada encontrou e deixou essas obras mais seis meses paralisadas. O resultado disso foi a morte de três pessoas na última enchente, ocorrida no dia 23 de novembro deste ano.

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Sem Categoria

Deixe uma resposta

Verifique também

Projeto Meninos e Meninas de Rua promove dia de lazer neste sábado (19) em SBC

No ritmo de férias, o Projeto Meninos e Meninas de Rua (PMMR), de São Bernardo do Campo, p…