Home Diadema Câmara de Diadema debate dia 11 conflito de zoneamento entre empresa e condomínio residencial

Câmara de Diadema debate dia 11 conflito de zoneamento entre empresa e condomínio residencial

2,251

A Câmara Municipal de Diadema convoca audiência pública para 11 de dezembro, a partir das 15h, para debater o conflito de zoneamento existente entre a empresa Delga e o impacto em sua atividade econômica e geração de trabalho com a construção de um condomínio de conjunto habitacional vizinho à indústria.

O requerimento foi apresentado pelo vereador Josa Queiroz (PT) após a entrega de abaixo-assinado ao prefeito da cidade, Lauro Michels (PV), e demais parlamentares do Legislativo alertando para o risco de fechamento da empresa caso o empreendimento imobiliário seja realmente construído em área vizinha no bairro Serraria.

Uma comissão foi aprovada pelos vereadores para acompanhar a situação e requerimento aprovado questiona a Prefeitura se a obra obedece à Lei de Zoneamento. No terreno, já existe um estande anunciando a construção dos apartamentos habitacionais.

A crítica de dirigentes sindicais e funcionários é que construção vai inviabilizar a produção da Delga, já que a empresa sofrerá reclamações por ruído, não deve conseguir manter em funcionamento os três turnos de produção e, não atendendo a demanda, poderá deixar a região.

A empresa tem importância estratégica para Diadema. Além de empregar mais de 600 funcionários, muitos dos quais com mais de 15 anos de fábrica, mais de 90% desses trabalhadores moram no entorno.

O fechamento da fábrica acarretaria, além da perda de postos de trabalho direta e indiretamente, caos social na cidade em função do grande número de famílias mantidas pela sua atividade econômica e receitas em impostos para a cidade.

A audiência pública será realizada no plenário da Câmara de Diadema, que fica na Avenida Antônio Piranga, 474, Centro.

Crédito da foto: Adonis Guerra/SMABC

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Diadema
Comentários estão bloqueados.

Verifique também

Ford fechará em novembro fábrica de São Bernardo. 3,2 mil trabalhadores serão demitidos

A Ford vai fechar as portas de sua fábrica de São Bernardo do Campo em novembro deste ano.…