Home Sem Categoria Virada da Consciência Negra celebra a resistência com arte e cultura

Virada da Consciência Negra celebra a resistência com arte e cultura

742

Entre 18 e 21 de novembro, a cidade de São Paulo será palco da primeira Virada Cultural da Consciência Negra em homenagem a um dos principais símbolos da resistência à escravidão, Zumbi dos Palmares. Os eventos, organizados pela Faculdade Zumbi dos Palmares e ONG Afrobras, serão realizados em 150 pontos da capital paulistana com diversas atividades gratuitas, relacionadas à música, dança, teatro, moda, beleza, cinema, mostras de artes visuais e competições esportivas.

Ao repórter Cosmo Silva, da Rádio Brasil Atual, o reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, que idealizou a proposta da Virada, ressaltou a importância do evento e da representação do guerreiro negro na conscientização sobre a riqueza da diferença e pela continuidade da luta anti-racista. “É muito legado o que foi a luta de Zumbi dos Palmares. Porque o Brasil, ainda que com todos os seus defeitos, é um país estruturado em cima desses valores da liberdade, da igualdade, do respeito às diferenças e às pessoas e do combate a todo tipo de opressão, preconceito e discriminação”, explica o reitor.

O show musical em homenagem ao guerreiro será realizado no dia 20 de novembro, a partir das 10h, com apresentações de Dandara, Joãozinho Samba 6, Duda Ribeiro e Banda DR, Coral USP Lapa com a Banda Temática de Hip Hop e de Thobias da Vai-Vai, que destacou o evento à Rádio Brasil Atual como uma forma de combater a intolerância e o preconceito, sem deixar de exaltar a riqueza da cultura afro no Brasil. “Mostramos que estamos vivo e sempre atentos à nossa condição, reafirmando nossa importância, muito embora há os que tentem nos subestimar”, afirma o artista e sambista. As informações completas sobre as atrações, horários e locais das atividades da Virada podem ser conferidos aqui.

Ouça a reportagem da Rádio Brasil Atual:

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Sem Categoria
Comentários estão bloqueados.

Verifique também

Não existe privilégio nas aposentadorias dos trabalhadores

Em 2017, os 34 milhões de aposentados com benefícios ativos no Regime Geral da Previdência…