Início Categorias Cidades Centrais vão intensificar luta contra reforma da Previdência pretendida por Bolsonaro

Centrais vão intensificar luta contra reforma da Previdência pretendida por Bolsonaro

0
0
701

Reunidas em 1º de novembro na sede do Dieese, em São Paulo, as centrais sindicais CSB, CSP/Conlutas, CTB, CUT, Força Sindical, Intersindical e Nova Central reafirmam a luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora e assumem o compromisso de criar uma campanha nacional contra o fim da aposentadoria dos brasileiros.

Após o encontro, as sete entidades decidiram que vão intensificar a luta contra a proposta da reforma da Previdência Social defendida pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), divulgada recentemente pelos meios de comunicação, bem como organizar o movimento sindical e os segmentos sociais para esclarecer e alertar a sociedade sobre a proposta de fim da aposentadoria.

As centrais também afirmaram que irão realizar um seminário em 12 de novembro, para iniciar a organização da campanha nacional sobre a “Previdência que queremos e retomar a luta por uma Previdência Social pública, universal, que acabe com os privilégios e amplie a proteção social e os direitos”.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades

Deixe uma resposta

Veja também

Padrão Bolsonaro de comunicação desorienta a mídia tradicional

O jornal O Estado de S.Paulo demite uma cronista por ter criticado as propostas do então c…