Início São Bernardo do Campo Prefeito trabalhador acorda cedo para fazer campanha para a mulher

Prefeito trabalhador acorda cedo para fazer campanha para a mulher

Comentários desativados em Prefeito trabalhador acorda cedo para fazer campanha para a mulher
0
3,519

Nesta semana, o prefeito trabalhador de São Bernardo do Campo acordou cedo para fazer campanha para sua mulher, candidata a deputada estadual pelo PSDB. Verdade seja dita, não só nesta semana, mas há bastante tempo ele tem sido um cabo eleitoral de primeira. Uma pena porque tanta dedicação à carreira da família tem impedido que faça o trabalho que um bom prefeito deva fazer por sua cidade e seu povo.

Essa ausência do serviço público em nome da “família trabalhadora” talvez seja um dos motivos pelos quais sua gestão à frente da Prefeitura seja tão mal avaliada pela população. Basta andar pela periferia e perguntar para as pessoas como estão os serviços públicos da cidade. As respostas serão surpreendentes:

– Denúncias de corrupção envolvendo secretários municipais;
– Filas à espera de atendimento médico;
– Sujeira espalhada pelas ruas, principalmente, da periferia;
– Desmonte do serviço público;
– Aumento de 1% para os servidores municipais;
– Sucateamento da cultura da cidade;
– Fechamento da inspetoria da GCM no Rudge Ramos;
– Contratação de empresa para demolir moradias populares;
– Aumento do preço da passagem municipal;
– Demissão de agentes de saúde;
– Aumento de impostos;
Etc.

Como se não fossem poucos os problemas da cidade para serem resolvidos, de madrugada, o prefeito estava em uma empresa de ônibus da cidade pedindo votos. Motoristas e cobradores, ainda com caras de sono, se deparam com o prefeito. Alguns até acharam que ele estava aderindo à luta para não acabarem com os cobradores de ônibus. A empresa demitiu a maioria destes profissionais e, agora, em muitos veículos, os motoristas têm acumulado as duas funções.

Mas, na verdade, ele foi pedir votos para dois candidatos que nunca fizeram nada pela categoria. Aliás, candidatos que estão em partidos que apoiaram a Reforma Trabalhista que retirou direitos, criou o trabalho intermitente e colocou milhares de pessoas desempregadas; que apoiam o ex-governador candidato à Presidência da República que deixou como legado de sua gestão no Estado a criação do PCC; que apoiam a eleição para governador daquele ficou um ano como prefeito da capital e é apontado por pesquisa como o pior prefeito que São Paulo já teve.

O trabalhador não é bobo. Depois que o prefeito de São Bernardo saiu da empresa, os comentários foram: “Agora ele voltou aqui, lembrou de nós”; “Acho que ele só quer mesmo é melhorar o orçamento de casa, elegendo a mulher que nunca fez nada por São Bernardo para ganhar uns 30 mil reais de salário da Assembleia Legislativa”; “Só lembra da gente na hora de pedir votos” etc. Este é prefeito trabalhador de São Bernardo do Campo.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

Bolsonaro complica situação ao tentar explicar depósito na conta da mulher

A menos de um mês de sua posse, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), seus filhos e su…