Início São Bernardo do Campo Sua conta de luz ficou mais cara: Orlando Morando reajusta em 70,9% Contribuição de Iluminação Pública

Sua conta de luz ficou mais cara: Orlando Morando reajusta em 70,9% Contribuição de Iluminação Pública

Comentários desativados em Sua conta de luz ficou mais cara: Orlando Morando reajusta em 70,9% Contribuição de Iluminação Pública
2
24,410

Em setembro de 2017, a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo aprovou projeto de lei do prefeito Orlando Morando (PSDB) alterando o cálculo da Contribuição de Iluminação Pública da cidade (CIP) – Lei 6.593/17. Na prática, isso representou um aumento de 70,9% da taxa na conta de energia elétrica, que está sendo cobrado desde janeiro de 2018, e muito provavelmente poucos consumidores residenciais perceberam. Até dezembro, a contribuição era de R$ 7,97 por moradia e passou para R$ 13,62 em janeiro, ou seja, um aumento de quase 71% em uma tacada só na taxa para financiar os custos da iluminação pública da cidade.

Para o comércio e indústria, o aumento foi ainda maior. Com o novo cálculo, o governo Orlando Morando passou a arrecadar quase R$ 5 milhões por mês. A título de comparação, durante a administração de Luiz Marinho, esse valor era de pouco mais de R$ 2 milhões mensais.

Essa contribuição foi criada há vários anos para financiar os custos de iluminação pública da cidade, como a energia consumida, manutenção, iluminação de novas praças, expansão da rede para bairros que ainda não tenham o serviço etc.

Durante o governo de Luiz Marinho, a contribuição não sofreu reajuste. O valor cobria os gastos. Esses cerca de R$ 5 milhões arrecadados hoje, mensalmente, não podem ser utilizados para outra finalidade que não a da iluminação pública, manutenção e expansão da rede.

Como têm sido constantes os reajustes da energia elétrica, o consumidor pode ter colocado esse aumento na conta do governo federal, mas na verdade ele é resultado da política de Orlando Morando e contradiz o seu discurso de campanha de geração de trabalho com isenção fiscal para empregadores. Cada pequeno comércio da cidade já está pagando essa conta.

 

Este é o modelo de governar do PSDB. Seria ótimo algum vereador analisar os contratos de manutenção da rede elétrica de São Bernardo para comparar custos do que foi feito na gestão passada e saber no quê está sendo aplicado esses cerca R$ 5 milhões mensais. Mais de 70% de aumento da contribuição de iluminação da cidade e falta uma explicação.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

Travesti é assassinada a facadas sob os gritos de ‘Bolsonaro vai matar viado’

A população LGBTI+ do ABC acordou na segunda-feira (22) com a notícia de um assassinato br…