Início Categorias Cidades Vergonha: STF quer aprovar aumento de 12% para salários de juízes

Vergonha: STF quer aprovar aumento de 12% para salários de juízes

0
0
9,647

Será nesta quarta-feira (8) que o Supremo Tribunal Federal (STF) deverá votar um aumento para eles mesmos. Fala-se em reajuste de 12% nos já polpudos salários dos magistrados. Aqui há dois fatores graves, vejamos.

Primeiro: o salário de quase 35 mil reais mensais é apenas nominal. Sobre ele incide uma série de penduricalhos, como auxílio moradia de R$ 4.500 por mês, auxílio de R$ 7.000 para pagar faculdade de filhos com menos de 24 anos de idade, cerca de R$ 5.000 para a compra de livros e por aí vai. Não é difícil encontrar juízes ganhando R$ 150.000 ou R$ 200.000 mensais em seus holerites.

Segundo: este aumento de 12% não será só para os 11 ministros do STF. Ele terá repercussão em cascata, ou seja, vai repercutir para todo o sistema judiciário nacional a um custo estimado de cerca de R$ 3 bilhões por ano. Para comparar, o acordo feito com os caminhoneiros, pelo qual se congelava o preço do diesel até o fim do ano, custou cerca de R$ 9,5 bilhões. E todo mundo viu onde foram cortar o orçamento para pagar essa conta. Educação, saúde, reforma agrária e SUS foram as áreas mais atingidas.

Com a PEC do teto, o governo não pode gastar mais do que gastou no ano passado, corrigido pela inflação. Com um aumento destes que passa de três vezes o índice da inflação, mais uma vez vão cortar no social. De novo, os pobres vão pagar a conta. É a distribuição da riqueza ao contrário, tirando de quem tem menos e dando para quem tem mais. Robin Wood às avessas.

Isto tem que parar. Um governo fraco como Temer, chantageado pelo Centrão, não consegue se impor a um Judiciário, que já, já vai julgar todas as denúncias de corrupção de Temer e companhia. E ninguém noticia este crime. Está na hora dos de baixo se rebelarem. Não dá mais para assistir estas coisas calados. Divulguem!

 

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades

Deixe uma resposta

Veja também

Imprensa mundial repercute decisão da ONU sobre direitos políticos de Lula

A decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, de acolher pedido liminar para que o Estad…