Home Sem Categoria Flash mobs “Lula Livre” surpreendem Belo Horizonte e Curitiba

Flash mobs “Lula Livre” surpreendem Belo Horizonte e Curitiba

2,602

Durante o fim de semana, quem passou pelos mercados de Belo Horizonte e de Curitiba foi surpreendido com manifestações espontâneas pela libertação do ex-presidente Lula. No sábado (21), um grande ato espontâneo foi realizado no Mercado Central de Belo Horizonte. No domingo (22), foi a vez de curitibanos gritarem, no Mercado Municipal da cidade: “Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”.

A exemplo de sábado, um grito por Lula Livre desencadeou um coro formado por dezenas de pessoas. O som de um trompete, que tem acompanhado diversas entradas ao vivo na Globo, seguiu o grupo. Alguns vídeos de Curitiba passaram a circular nas redes sociais.

A capital do Paraná, que virou noticiário nacional por concentrar as investigações da Lava Jato, que levou Lula à prisão, tem também se mostrado como a capital da resistência. Desde a prisão de Lula, em 7 de abril, um acampamento tem resistido nos arredores da Polícia Federal em protesto.

Na capital mineira, o ato foi incentivado pelo coletivo Alvorada, que levou o “tromPeTista” Gustavo Leitão, famoso pelas entradas ao vivo na rede golpista, para puxar os gritos. Esse tipo de ato é conhecido em todo o mundo como “flash mob”, quando um pequeno grupo puxa uma dança ou música e acaba virando uma manifestação espontânea, com a adesão das pessoas que estão transitando pelo local.

Os atos espontâneos em defesa da libertação de Lula tendem a ser cada vez mais frequentes pelo País. Líder disparado nas pesquisas de intenção de voto, o ex-presidente já passa mais de três meses preso politicamente, como forma de impedi-lo de concorrer ao Planalto.

Crédito da foto: Gibran Mendes

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Sem Categoria
Comentários estão bloqueados.

Verifique também

Não existe privilégio nas aposentadorias dos trabalhadores

Em 2017, os 34 milhões de aposentados com benefícios ativos no Regime Geral da Previdência…