Home São Bernardo do Campo 31 anos de Vila São Pedro: histórias que se cruzam por ruas e ladeiras

31 anos de Vila São Pedro: histórias que se cruzam por ruas e ladeiras

4,222

Uma Vila São Pedro que não para de crescer, com vidas e sonhos se cruzando pelas suas ruas e ladeiras. Já se passaram 31 anos de sua formação. Histórias que se conhece como em um almoço, do ano passado, no restaurante do meu amigo Damião Conrado Pereira.

O danado chegou e começou a me contar histórias de surgimento do bairro e de seus personagens. Foi por volta de 1987 que eclodem em São Bernardo do Campo os movimentos de moradia e ocupação de áreas de mananciais. Nesses locais, falsos loteadores vendiam áreas que não eram donos com a promessa às famílias de “que poderiam construir sem problemas”.

Desta forma, vários bairros surgiram na cidade e pessoas como Ana do Carmo, Zé Ferreira, Toninho da Lanchonete, Tião Matheus e Wagner Lino, vereadores à época, lutaram para garantir os direitos dos mais pobres.

A Vila São Pedro é constituída basicamente por grandes lotes: 65% de terras de uma empresa falida o os outros 35% de área pública. Sem água, eletricidade, transporte, escolas ou posto de saúde, o povo entrou na área e foi conquistando melhorias até o bairro ser o que é hoje: lar de cerca de 50 mil pessoas.

Um local com transporte, igrejas, escolas municipais e estaduais, lugar onde se construiu a primeira UPA do Estado de São Paulo.

Damião explica que há 18 anos resolveram comemorar a ocupação, já com o nome de fundação do bairro. De lá para cá, todos os anos, se juntam lideranças comunitárias, artistas, comerciantes e o povo em geral para a festejar o aniversário desta grande comunidade.

Vila São Pedro, aliás, que tem um grande cineasta, o baiano Milton Santos, porta-voz desta grande comunidade com dezenas de filmes produzidos na região. “A Vila São Pedro é meu Projac”, diz o baiano que mora na região 18 anos referindo-se ao complexo de teledramaturgia da Globo.

* Por Tarcisio Secoli

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Comentários estão bloqueados.

Verifique também

Ford fechará em novembro fábrica de São Bernardo. 3,2 mil trabalhadores serão demitidos

A Ford vai fechar as portas de sua fábrica de São Bernardo do Campo em novembro deste ano.…