Início Sua Opinião Por que na Rússia só se vê torcedor brasileiro branco?

Por que na Rússia só se vê torcedor brasileiro branco?

Comentários desativados em Por que na Rússia só se vê torcedor brasileiro branco?
0
7,465

Interessante observar o que as televisões mostram. Muitas vezes, a gente vê e não observa, não pensa no que está vendo. Confesso que também demorei um pouco para perceber. O Brasil, país que tem mais da metade de negros, na torcida da Copa do Mundo da Rússia só está representado por brancos.

Tem gente que pode achar natural. Afinal, se em até uma novela da Globo que se passa na Bahia só aparece ator branco, desrespeitando o maravilhoso povo baiano, com sua cultura, história, religião, música e tudo o mais que a África trouxe de coisas boas para o nosso País, por que torcedores na Copa não poderiam ser só os brancos?

Aqui não se trata de assunto racial, mas sobretudo de questão de classe social. Desde a tão falada libertação dos escravos, as oportunidades nunca foram iguais para negros em relação a brancos. Como exemplos: as chances de frequentar uma boa escola, de ter qualificação profissional adequada às demandas do mundo do trabalho, de ter os mesmos salários, de poder ter os cargos de comando etc. Nada foi igual, e as coisas agora estão se deteriorando rapidamente.

As transformações do mundo do trabalho estão “embranquecendo” a classe trabalhadora em indústrias de ponta. Vá à portaria de uma montadora da região, ou a uma empresa avançada em tecnologia da informação e vera o que estou dizendo. Vá a condomínios de classe média e verá negros como exceção só para justificar a regra.

Neste mundo de trabalho excludente, é cada vez maior o risco de o negro ser jogado mais uma vez para fora da modernidade. Aqui não adianta esperar mercado, pois ele não vai resolver. O mercado vai, sim, se aproveitar desta situação.

Aqui tem de ter políticas públicas de inclusão, investimento em oportunidades para quem nunca teve. Aqui precisa de governo que tenha lado, que invista no social, em educação para todos e que crie condições de equidade entre os brasileiros.

Senão, daqui a 4 anos no Catar, na próxima Copa do Mundo, de novo vai rolar um monte de jovens, fazendo batucada, tocando samba e todos cada vez mais brancos. E torço para que não apareça outro grupo de brasileiros como o que gravou um vídeo com música em tom obsceno referindo-se a uma russa que estava entre eles e não conhecia o idioma. Coisa mais estranha.

 

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Sua Opinião
Fechado para comentários

Veja também

Saúde natural é tema de encontro hoje, às 19h, no Vivaldi

O Fórum Regional de Economia Solidária vai realizar hoje, às 19h, na Igreja de Vila Vivald…