Início Categorias Cidades Parada do Orgulho LGBT lota ruas de SP e pede Lula livre

Parada do Orgulho LGBT lota ruas de SP e pede Lula livre

0
0
3,393

A 22ª edição da Parada do Orgulho LGBT lotou as ruas e avenidas de São Paulo ontem (3). Com o tema “Poder para LGBTI+, Nosso Voto, Nossa Voz”, a festa foi marcada por discursos em favor do respeito pelas diferenças, contra a violência e por Lula livre. A festa, que levou milhões à Avenida Paulista, Rua da Consolação e Região Central, também teve o “Bloco Lula Livre” com militantes LGBTs pedindo a libertação do ex-presidente Lula, que está preso há mais de 50 dias na carceragem da Polícia Federal de Curitiba, por determinação do juiz Sérgio Moro.

“Não podemos aceitar que o melhor presidente que o Brasil já teve e que deu dignidade para milhões de brasileiros esteja preso. O que acontece com Lula é perseguição política por tudo que ele representa. Por isso, estamos aqui para gritar ‘Lula livre’. Nosso Voto e Nossa Voz é por Lula presidente”, disse Marcos Freire, metroviário e ativista LGBT.

Mônica Benício, companheira da vereadora Marielle Franco, assassinada brutalmente no Rio de Janeiro, fez um discurso emocionante. “Essa parada também é um ato de resistência. O Brasil é um dos países que mais mata a sua população LGBT. E a gente não pode deixar que isso continue desta maneira”, afirmou Mônica. A vereadora Marielle foi assassinada em abril na cidade do Rio de Janeiro e, até o momento, as autoridades não chegaram aos responsáveis pelo crime.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades

Deixe uma resposta

Veja também

Lula estreia como comentarista de futebol do Papo com Zé Trajano

Torcedor apaixonado pelo Corinthians, o ex-presidente Lula fez ontem (18) sua estreia como…