Início Categorias Cidades Não há previsão de abastecimento para postos de combustíveis do ABC

Não há previsão de abastecimento para postos de combustíveis do ABC

Comentários desativados em Não há previsão de abastecimento para postos de combustíveis do ABC
0
11,888

Os postos de gasolinas do Grande ABC seguem nesta segunda-feira (28) sem previsão de reabastecimento de combustíveis. Ontem, o presidente ilegítimo Michel Temer (MDB) fez um pronunciamento garantindo que as reivindicações colocadas pelos caminhoneiros seriam atendidas, mas o que se vê nas estradas do país é que a categoria continua paralisada.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista Derivados do Petróleo (Regran), Wagner de Souza, ressaltou que foi realizada, na manhã de hoje, uma reunião entre representantes da categoria e do governo do Estado de São Paulo na qual foi colocada a necessidade de se pensar em estratégias, principalmente, de segurança para que o combustível chegue à região.

“Estão tentando montar uma maneira para abastecer alguns postos, mas não seriam nem 10% das sete cidades. Será muito pouco mesmo. De qualquer forma, serão priorizados os serviços públicos como transporte, caminhões para coleta de lixo, carros da Guarda Municipal, das polícias Militar e Civil e serviço funerário, ficando os veículos particulares para segundo plano”, disse.

Um dos caminhoneiros que estava nesta manhã no centro de distribuição de combustível da Ipiranga, em São Caetano, e preferiu não se identificar, ressaltou que os trabalhadores autônomos não vão aceitar a proposta do governo federal. “Conversamos aqui e a decisão foi permanecer nas ruas. Vamos continuar barrando a saída dos caminhões. Assim como nos últimos dias, serão liberados apenas os veículos para atender os Bombeiros, serviços de saúde e polícia.”

 

 

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades
Fechado para comentários

Veja também

TCE suspende, mais uma vez, licitação de Orlando Morando para coleta de lixo em São Bernardo

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu, mais uma vez, a licitação do prefeito Orla…