Home Mauá Ministro do STJ nega habeas corpus de Atila Jacomussi

Ministro do STJ nega habeas corpus de Atila Jacomussi

2,116

O ministro Rogério Shietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou ontem (16) o pedido de habeas corpus feito pela defesa do prefeito licenciado de Mauá, Atila Jacomussi (PSB). O socialista está preso desde o último dia 9 após a Operação Prato Feito, que investiga denúncias de desvio de recurso na merenda escolar.

Com a decisão do ministro, Atila Jacomussi continuará detido na superintendia da Polícia Federal na Lapa, zona oeste de São Paulo. Ele foi preso em flagrante depois que policiais encontraram R$ 87 mil em dinheiro vivo na sua casa.

Na última terça-feira, Atila pediu afastamento do cargo por 15 dias. A vice-prefeita, Alaíde Damo (MDB), assumiu o comando da cidade. Os advogados de Atila não divulgaram os próximos passos da defesa do socialista. No entanto, eles asseguram que o dinheiro encontrado na casa de Atila é compatível com a renda dele.

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Mauá
Comentários estão bloqueados.

Verifique também

Não existe privilégio nas aposentadorias dos trabalhadores

Em 2017, os 34 milhões de aposentados com benefícios ativos no Regime Geral da Previdência…