Início Diadema Dono da Dolly continua preso por fraude fiscal e lavagem de dinheiro

Dono da Dolly continua preso por fraude fiscal e lavagem de dinheiro

0
0
2,709

O dono da empresa de refrigerantes Dolly, Laerte Codonho, de Diadema, segue preso desde a última quinta-feira (10), quando foi levado por policias de sua casa na Granja Viana, região de Cotia, na Grande São Paulo, acusado de fraudes fiscais, formação de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

De acordo a Justiça, cerca de R$ 4 bilhões podem ter sido desviados pelo empresário. Além disso, Codonho teria demitido funcionários e recontratado em outra empresa para tentar burlar o pagamento ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).
A polícia também prendeu o ex-contador do empresário e o ex-gerente financeiro da empresa. Dois helicópteros, um em São Bernardo e outro em Diadema, e um carro de luxo, em Cotia, também foram apreendidos.

Em nota, a assessoria de imprensa de Codonho informou que a prisão é injusta. “Laerte Codonho sempre colaborou com as autoridades e tem certeza que provará a sua inocência. A defesa recorrerá da decisão e confia na Justiça”, declarou.

 

 

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Diadema

Deixe uma resposta

Veja também

Atividades físicas melhoram condição de criança autista

O autismo é um problema psiquiátrico que costuma ser identificado na infância, entre 1 ano…