Início Categorias Cidades CDHU promete mapear núcleos habitacionais em área de risco no ABC

CDHU promete mapear núcleos habitacionais em área de risco no ABC

Comentários desativados em CDHU promete mapear núcleos habitacionais em área de risco no ABC
0
2,623

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) promete para as próximas semanas realizar diagnóstico de núcleos habitacionais precários e considerados áreas de risco na região do ABC. Segundo o órgão, ligado à Secretaria de Habitação do Estado, o estudo será feito para subsidiar a elaboração de planos para a área em todo o Estado. Com o levantamento finalizado, a CDHU pretende desenvolver projetos para a captação de verba e destinados à execução de obras de infraestrutura e urbanização nestes espaços.

Quando governou São Bernardo (de 2009 a 2016), a gestão do prefeito Luiz Marino (PT) retirou 2,2 mil famílias que viviam em situação precária e de risco, eliminou os locais tidos como “Risco Muito Alto”, construiu e entregou cerca de 5 mil moradias na cidade.

No período, também foram regularizados 5.046 lotes, em 25 áreas. Outra importante ação de sua autoria que ajudou a preservar vidas na cidade foi o mapeamento feito pelo Plano Municipal de Redução de Risco. O PMRR indicou que o município possuía 203 setores considerados como áreas de risco. Em 2016, o número havia sido reduzido para 162, sendo que, desse total, 32 áreas correspondiam a locais de perigo com menor grau.

De acordo com a CDHU, os assentamentos precários identificados são classificados em quatro categorias: os que não precisam de nenhuma obra, mas necessitam de regularização; os que deverão ser urbanizados parcialmente com baixo índice de remoção de famílias que vivem em condições precárias (Urbanização I); os que terão parte urbanizada, mas com um alto índice de famílias a serem removidas por se tratar de uma área de grau de risco maior ou que necessitam de obras de maior porte (Urbanização II); e aqueles que necessitam de desocupação total, que objetiva ações de recuperação para áreas de risco ou áreas de proteção ambiental.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades
Fechado para comentários

Veja também

Humanização era o diferencial de profissionais do programa Mais Médicos

A saída dos profissionais cubanos do programa Mais Médicos, anunciada na semana passada, n…