Início São Bernardo do Campo Após paralisação por denúncias de corrupção na Gestão Ambiental, governo Orlando Morando retoma projetos de Luiz Marinho

Após paralisação por denúncias de corrupção na Gestão Ambiental, governo Orlando Morando retoma projetos de Luiz Marinho

Comentários desativados em Após paralisação por denúncias de corrupção na Gestão Ambiental, governo Orlando Morando retoma projetos de Luiz Marinho
0
3,321

Paralisada há mais de um ano e envolvida em denúncias de corrupção, como a venda de licenças ambientais e cobrança de propina, a Secretaria de Gestão Ambiental da gestão Orlando Morando (PSDB) agora diz que vai impulsionar o turismo ecológico em São Bernardo com um calendário usando como aposta a Mata Atlântica e a Represa Billings.

Só faltou um detalhe: este projeto já foi desenvolvido e implementado durante o governo do então prefeito Luiz Marinho (PT), de 2009 a 2016.

Foi justamente neste período que a cidade viu, após anos de abandono, as revitalizações do Parque Estoril, com a implementação de trilhas ecológicas e caminhadas noturnas, a reativação do Teleférico (tradicional equipamento de lazer do parque), do Zoológico e da Prainha, do Riacho Grande, com a capacitação de comerciantes do entorno.

Essas realizações e intervenções, do então prefeito Luiz Marinho, transformaram a região do Riacho Grande em um importante local de lazer e atração turística para visitantes de outros locais e da própria população da cidade.

De acordo com a Prefeitura de São Bernardo, para alcançar êxito com o projeto, serão valorizadas as áreas existentes. Ao que tudo indica, sem propostas e planejamento na área, a gestão Orlando Morando dará continuidade aos projetos do seu antecessor. O que faz muito bem, porque tratam-se de ações importantes e exitosas de seu antecessor para São Bernardo.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

TJ-SP proíbe Orlando Morando de demolir moradia próxima ao piscinão da Rua dos Vianas

Mãe de uma filha de 11 anos, Alessandra dos Santos Pierotti, moradora há mais de três déca…