Início Santo André Fundação Santo André confirma déficit orçamentário de R$ 8 milhões para 2018

Fundação Santo André confirma déficit orçamentário de R$ 8 milhões para 2018

0
0
1,011

A Fundação Santo André (FSA) parece não encontrar saída para resolver o déficit orçamentário da faculdade. O Conselho Universitário da instituição prevê rombo de R$ 8 milhões. Segundo a reitoria, o número de matrículas neste ano ficou muito abaixo do esperado. Em 2018, foram realizadas 1.065 matrículas, sendo 297 de novos alunos. Ao todo, a instituição tem 3.000 estudantes.

O Conselho Universitário aprovou, na última semana, duas medidas para tentar equacionar os problemas: a migração de turmas do período matutino para o noturno e a suspensão temporária de professores em Regime de Tempo Integral. Com isso, a fundação espera obter uma economia de R$ 6,4 milhões.

Em crise há pelo menos três anos, a situação ficou ainda pior com a suspeita de que o candidato mais votado ao cargo de reitor da fundação, o professor Francisco José Santos Milreu, tenha sido contratado sem passar por concurso público. A medida é proibida por lei e a FSA teve cerca de 450 contratos de funcionários investigados.

O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), deve realizar em 1º de abril uma nova nomeação para o cargo de reitor. Em novembro do ano passado, ele recebeu uma lista tríplice com os candidatos mais votados ao cargo. Nesta lista, há o nome da professora Andrea Dias Quintao e, na sequência, o do professor Edvaldo Luis Rossini, que se retirou da disputa no último dia 16.

Com informações do Diário do Grande ABC.

 

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Santo André

Deixe uma resposta

Veja também

Santo André oferece 1.400 vagas em 14 cursos técnicos gratuitos a distância

A Prefeitura de Santo André abriu 1.400 vagas para 14 cursos de Ensino a Distância (EAD) d…