Início São Bernardo do Campo Trabalhadores aprovam greve geral dia 19 contra a reforma da Previdência

Trabalhadores aprovam greve geral dia 19 contra a reforma da Previdência

Comentários desativados em Trabalhadores aprovam greve geral dia 19 contra a reforma da Previdência
2
7,983

Durante plenária popular, realizada em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, na quarta-feira (7) à noite, metalúrgicos, sindicalistas, professores, químicos, bancários, trabalhadores da saúde e da alimentação, parlamentares e movimentos sociais e populares aprovaram greve geral para o dia 19 de fevereiro contra o projeto de reforma da Previdência.

O governo de Michel Temer não está medindo esforços para aprovar o projeto de reforma da Previdência, previsto para ser votado entre os dias 20 e 28 deste mês, como anunciou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM). A moeda de troca de Temer para obter apoio à proposta é negociar cargos em ministérios, aprovação de projetos e verbas parlamentares.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, o Wagnão, destacou que o governo ilegítimo de Michel Temer tenta impor a reforma previdenciária a qualquer custo. “A greve acontecerá já que o governo ilegítimo insiste em aprovar esta reforma, que, na verdade, é uma deforma. Uma proposta rejeitada pela maioria dos trabalhadores. Temos de mostrar, nas ruas, a nossa contrariedade. Daqui até o dia 19, construiremos a forma com as paralisações irão ser realizadas”, afirmou Wagnão. “O governo quer impedir o direito de a população se aposentar.”

“É greve dia 19! Se a gente não realizar luta em cada canto desse País, eles vão aprovar a reforma da Previdência, que não só acaba com a aposentadoria, mas também desampara os trabalhadores nos casos de acidente de trabalho”, ressaltou o secretário-geral da CUT, Sérgio Nobre.

Gilmar Mauro, do MST, destacou que o governo pretende acabar com a previdência pública, entregando-a ao setor privado. Para ele, a greve é o caminho para barrar a reforma.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

Comissão especial retoma nesta quarta votação do projeto Escola sem Partido

No fim da tarde de ontem (20), foi suspensa a reunião da comissão especial da Câmara dos D…