Início São Bernardo do Campo Orlando Morando não entrega uniformes escolares nem contrata merendeiras

Orlando Morando não entrega uniformes escolares nem contrata merendeiras

Comentários desativados em Orlando Morando não entrega uniformes escolares nem contrata merendeiras
0
6,316

A alegação do prefeito Orlando Morando (PSDB) para suspender o início das aulas é que as escolas da rede municipal de ensino de São Bernardo serão usadas para vacinação contra febre amarela. Segundo pais, o motivo é outro: a falta de merendeiras e de uniformes completos para os alunos.

No sábado (3), reclamação e indignação de pais e mães tomaram conta das redes sociais. Convocados para reunião nas escolas da rede municipal, os responsáveis pelos alunos saíram do encontro frustrados, indignados e muito furiosos.

Uns receberam apenas meias, outros, só peça masculinas e incertezas quanto ao início das aulas na rede municipal de São Bernardo. “Fui à reunião também. A situação é a mesma. Ainda não chegou o uniforme, o material que estão entregando não foi o comprado pela Prefeitura e sim o kit que o governo federal disponibiliza, faltam merendeiras e ainda está em aberto o início das aulas, porque existe a possibilidade de retomar na quinta-feira (8) por conta de uma decisão judicial. Mas sabe o que é pior para mim? Não é atraso do uniforme, até tolero porque sei um pouco como funciona, mas é a mentira. Omitir a verdade e ainda usar um possível “surto” como desculpa… juro, isso para é muito pior que atrasar a entrega do uniforme”, desabafa uma mãe no Facebook.

Em outra postagem, um pai fez questão de detalhar sua indignação com o prefeito Orlando Morando. “Estou agora, 10h19min, 3/2/2018, na reunião de pais com minha filha e, como eu já havia afirmado, a história de posto de vacinação nas Emebs é balela. O uniforme não será entregue hoje porque não chegou todo. Apenas as meias”, relatou Flávio Campos, que tem filha matriculada na Emeb Professora Sylvia Marilena F. Zanetti, no bairro Jordanópolis.

Pai de aluna da Emeb Júlio de Grammont, no bairro Planalto, Anderson Lopes deixou a reunião revoltado com a falta de informação e o desrespeito com todos que saíram de suas casas em uma manhã de sábado. “Eles simplesmente não nos dão nenhuma informação. Não entregaram os uniformes, o prefeito Orlando Morando prometeu via rede social que seria entregue no primeiro dia letivo, e não responderam sobre as merendeiras. Estão tratando os pais como palhaços”, acusou Lopes.

Reclamações de pais e mães afirmando que os uniformes não foram entregues no sábado (3) também foram registradas nos bairros Assunção, Vila São Pedro, Riacho Grande, Jardim do Lago e Alvarenga.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

Comissão especial retoma nesta quarta votação do projeto Escola sem Partido

No fim da tarde de ontem (20), foi suspensa a reunião da comissão especial da Câmara dos D…