Início São Bernardo do Campo Motorista de Camaro apresenta-se à polícia e diz que não viu acidente na Imigrantes

Motorista de Camaro apresenta-se à polícia e diz que não viu acidente na Imigrantes

Comentários desativados em Motorista de Camaro apresenta-se à polícia e diz que não viu acidente na Imigrantes
1
3,307

Um policial civil de São Paulo apresentou-se, na tarde de quinta-feira (11), ao 3º Distrito Policial de São Bernardo afirmando que dirigia o Camaro suspeito de envolvimento no acidente do km 29, da Rodovia dos Imigrantes, que matou duas mães e feriu sete pessoas, das quais, quatro crianças, na noite da última terça-feira.

Na delegacia, o policial, de 46 anos, disse que estava voltando de Mongaguá, litoral de São Paulo, para deixar o seu filho de 12 anos em Caieiras. Ele declarou que não viu o acidente e que só tomou conhecimento dos fatos quanto assistiu ao noticiário pela televisão.

O investigador afirmou ainda que não conhece o empresário André Veloso Micheletti, 50 anos, dono da Mercedes-Benz envolvida no acidente. O delegado responsável Rui Diogo da Silva enviará o caso para a Corregedoria da Polícia Civil e pedirá a realização de perícia do esportivo Chevrolet Camaro.

Micheletti foi preso logo após bater na Ecosport, ocupada por oito pessoas. Tanto o condutor da Mercedes-Benz quanto da Ecosport, André Gonçalves, 39 anos, estavam com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa.

A polícia suspeita que os motoristas da Mercedes e do Camaro tiravam racha no momento do acidente. Gonçalves sofreu fratura da coluna e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas Municipal de São Bernardo do Campo.

Testemunhas relataram à polícia que a Mercedes estava em alta velocidade. O condutor foi submetido a teste de bafômetro sendo afastada, no entanto, a possibilidade de embriaguez ao volante. Ele foi autuado por homicídio qualificado, além dos crimes de lesão corporal por dirigir sem habilitação.

Logo após a batida, a Ecosport pegou fogo e muitos motoristas que passavam pelo local pararam para ajudar, emprestando os seus extintores para combater o incêndio e auxiliando o resgate das vítimas.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

Humanização era o diferencial de profissionais do programa Mais Médicos

A saída dos profissionais cubanos do programa Mais Médicos, anunciada na semana passada, n…