Início São Bernardo do Campo Justiça manda Universidade Metodista suspender demissões de professores

Justiça manda Universidade Metodista suspender demissões de professores

0
0
1,882

Em decisão liminar, expedida na terça-feira (9), a juíza do Trabalho Valéria Pedroso de Moraes, da 8ª Vara do Trabalho de São Bernardo, determinou que sejam suspensas as demissões de professores na Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) sem prévia negociação com o sindicato, sob pena de aplicação de multa de R$ 10 mil a cada empregado dispensado.

Além disso, a universidade tem prazo de cinco dias para informar nominalmente à Justiça quais docentes foram demitidos e, ainda, quais os que já contam com dispensa futura prevista, esclarecendo o motivo de cada demissão.

A medida acata parcialmente pedido feito pelo Sinpro ABC (Sindicato dos Professores de Santo André, São Bernardo e São Caetano) por meio de ação civil pública.

Os professores dispensados não foram readmitidos pela instituição de ensino superior, como tem ocorrido em outras instituições como forma de reduzir custos com salários.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo

Deixe uma resposta

Veja também

PT de Santo André entra com ação na Justiça contra aumento de IPTU 2018

O Partido dos Trabalhadores de Santo André entrou, no domingo (21) à noite, com ação na Ju…