Início Mauá Câmara de Mauá aprova 13º salário e férias para vereadores, prefeito e vice-prefeita

Câmara de Mauá aprova 13º salário e férias para vereadores, prefeito e vice-prefeita

Comentários desativados em Câmara de Mauá aprova 13º salário e férias para vereadores, prefeito e vice-prefeita
0
1,145

Os vereadores da Câmara Municipal de Mauá aprovaram, por unanimidade, em primeira apreciação, o pagamento de 13º salário e abono de férias para os 23 parlamentares, para o prefeito Atila Jacomussi (PSB) e para a vice-prefeita Alaíde Damo (PMDB). A proposta, que custará R$ 405,9 mil aos cofres públicos, foi votada durante uma sessão extraordinária, convocada às pressas na noite da última terça-feira.

O projeto foi assinado pela Mesa Diretora, presidida por Admir Jacomussi (PRP), pai do prefeito, e que conta ainda com os vereadores Betinho da Dragões (PR), Irmão Ozelito (SD), Adelto Cachorrão (PTdoB) e Severino do MSTU (Pros). A primeira votação do 13º salário e do abono de férias durou apenas 22 minutos e teve o aval de todos os vereadores, com a exceção de Manoel Lopes (DEM), ausente por motivos particulares. Caso o projeto seja aprovado em segunda votação, o pagamento ocorrerá já neste mês de dezembro e Mauá passa a ser a terceira cidade do ABC a estender esses benefícios para agentes políticos. As outra duas são Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Atualmente, cada parlamentar de Mauá recebe remuneração base de R$ 12,3 mil mensais. O prefeito tem salário de R$ 18,5 mil e a vice-prefeita recebe R$ 9,3 mil. O presidente da Câmara, Admir Jacomussi, disse que o benefício está respaldado pela decisão do plenário do STF (Supremo Tribunal Federal), proferida em 1º de fevereiro, segundo a qual prefeitos, vice-prefeitos e vereadores têm direito a abono de férias e 13º salário. Jacomussi ressaltou ainda que a Câmara de Mauá renunciou ao aumento dos salários dos vereadores, que poderiam ganhar R$ 15 mil, conforme a legislação. Ele salientou que, além de permanecerem com R$ 12 mil, os vereadores também reduziram o número de servidores comissionados, conforme exigência do Ministério Público.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Mauá
Fechado para comentários

Veja também

‘Se o plano A do povo é o Lula, por que o PT tem de pensar em Plano B?’, diz Alexandre Padilha

Um dos responsáveis por elaborar o plano de governo para a campanha presidencial do ex-pre…