Início Categorias Cidades Governo do Estado divulga tabela de valores e calendário de pagamento do IPVA 2018 

Governo do Estado divulga tabela de valores e calendário de pagamento do IPVA 2018 

Comentários desativados em Governo do Estado divulga tabela de valores e calendário de pagamento do IPVA 2018 
2
8,323

A Secretaria da Fazenda Estadual divulgou na quinta-feira (30) o calendário de pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) de 2018. A tabela com os valores venais para o cálculo do imposto pode ser consultada clicando aqui. Os contribuintes podem pagar o IPVA em cota única, no mês de janeiro, com desconto de 3% ou parcelar o tributo em três vezes (janeiro, fevereiro e março), de acordo com o final da placa do veículo. Também é possível quitar o imposto no mês de fevereiro, mas sem desconto.

O seguro obrigatório (DPVAT) deve ser recolhido de forma integral junto com a primeira parcela do IPVA ou com a cota única. No caso de parcelamento em três vezes, o que somente é permitido para motos e similares, vans, ônibus e micro-ônibus, as parcelas devem ser recolhidas de acordo com o calendário de vencimento do IPVA. Os proprietários deverão ficar atentos ao calendário de vencimento definido de acordo com final da placa.

Para efetuar o pagamento do IPVA, basta o contribuinte se dirigir a uma agência bancária credenciada com o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) e efetuar o recolhimento no guichê de caixa, terminais de autoatendimento, pela internet, débito agendado ou por meio de outros canais oferecidos pelo banco.

Atraso de pagamento – O contribuinte que deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto.

Permanecendo a inadimplência do IPVA, o débito será inscrito e, como consequência, a multa passará a 40% do valor do imposto, além da inclusão do nome do proprietário no Cadin Estadual, impedindo-o de aproveitar eventual crédito que possua por solicitar a Nota Fiscal Paulista.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades
Fechado para comentários

Veja também

Paralisação dos caminhoneiros é legítima. Entenda porquê

Tem ao menos seis anos que colaboro com um jornal de caminhoneiros e não me arrisquei a fa…