Início São Bernardo do Campo Ocupação do MTST protesta na Prefeitura para pressionar Orlando Morando a dialogar

Ocupação do MTST protesta na Prefeitura para pressionar Orlando Morando a dialogar

0
0
2,292

Mais de duas mil pessoas da Ocupação Povo Sem Medo de São Bernardo, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), protestaram nesta quinta-feira (30) pelas ruas da cidade e caminharam até a Prefeitura. O objetivo foi pressionar o prefeito Orlando Morando (PSDB) a dialogar com o movimento.

A ocupação, que tem cerca de oito mil famílias lutando por moradia, completa três meses de resistência nesta sexta-feira (1). Desde o primeiro dia na área ocupada, um terreno particular de propriedade da construtora MZM, próximo à avenida José Odorizzi, as lideranças tentam, sem sucesso, uma audiência com Orlando Morando. “Não vamos desistir de ter um encontro olho no olho para discutir com o prefeito a questão de moradia para essas famílias”, ressaltou Andreia Barbosa, uma das líderes da ocupação.

Ao chegar ao Paço Municipal, uma comissão do MTST foi recebida por três secretários do governo (Assuntos Jurídicos, Segurança Urbana e Gestão Ambiental), que se comprometeram em ouvir as pautas do momento e agendar uma reunião com o prefeito e o movimento até o dia 11 de dezembro.

“A pressão da ocupação está fazendo com que a postura intransigente do prefeito mude. Dessa vez, tivemos o compromisso de seus representantes de que até o dia 11 ele vai nos receber para uma conversa”, disse Ramon Koelle, um dos advogados da brigada jurídica da ocupação.

Entre as pautas entregues aos representantes do prefeito estão a que o governo transforme, por meio de decreto, a área ocupada como sendo de interesse social.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo

Deixe uma resposta

Veja também

Mauá vai aumentar em 20% arrecadação com o IPTU em 2018

Os vereadores de Mauá aprovaram correção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) pa…