Início Últimas Notícias Crise prejudica criação de empregos formais no ABC. SBC e Diadema são as mais afetadas

Crise prejudica criação de empregos formais no ABC. SBC e Diadema são as mais afetadas

Comentários desativados em Crise prejudica criação de empregos formais no ABC. SBC e Diadema são as mais afetadas
0
1,093

O Grande ABC vem sentido os duros efeitos da crise econômico e das políticas de austeridades fiscais impostas pelo governo de Michel Temer. E isso se reflete, principalmente, no mercado de trabalho. A região perdeu mais postos de trabalho em regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) do que criou no período de 2016 e 2017. Os dados que mostram esse déficit são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, e apontam que as sete cidades registraram saldo negativo de 782 novos postos, quando comparado admissões e demissões. As cidades mais afetadas pela crise foram São Bernardo e Diadema. A primeira computou 23.595 empregos, mas perdeu 24.872, deixando a cidade com saldo negativo de 1.277 postos. Diadema registrou 5.334 vagas com carteira de trabalho, saldo negativo de 613 empregos.

De acordo com o Caged, entre setembro de 2016 e 2017, o Grande ABC registou 80.079 carteiras de trabalho, mas perdeu 80.861 empregos formais. O órgão aponta que apenas duas cidades ficaram com saldo positivo: Mauá, com 5.877 novos postos de trabalho e perda de 5.069 (salto positivo de 808 empregos), e São Caetano do Sul, que registrou a abertura de 14.737 vagas formais, perdendo 4.128 (saldo positivo de 609).

Mesmo mostrando um cenário mais estável, Santo André também oscilou negativamente no período, com a criação de 28.691 vagas e a demissão de 28.820, ficando com 129 postos de trabalho a menos. Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra também sentiram os efeitos do cenário econômico dos últimos três anos no Brasil, com saldo negativo de 138 e 42 empregos formais, respectivamente.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Últimas Notícias
Fechado para comentários

Veja também

Moradores sofrem com falta d’água em Santo André, Mauá e Ribeirão Pires

A interrupção de fornecimento de água em bairros das cidades de Santo André, Mauá e Ribeir…