Início Categorias Cidades Alckmin quer aumentar salários de procuradores do Estado de São Paulo

Alckmin quer aumentar salários de procuradores do Estado de São Paulo

Comentários desativados em Alckmin quer aumentar salários de procuradores do Estado de São Paulo
0
5,544

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), enviou à Assembleia Legislativa projeto de lei que prevê aumento de salário para os procuradores do Estado. Alckmin também solicitou ao presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris (PSDB), que coloque em votação a proposta de emenda constitucional igualando o teto salarial paulista (no caso, o salário do governador, de R$ 21 mil) ao do Judiciário, em torno de R$ 30 mil.

A proposta de reajuste para os procuradores, que chegou ao Legislativo em 8 de novembro, solicita aumento na gratificação especial, cujo custo anual é de R$ 3 milhões, além de readequação da remuneração de 113 procuradores. Caso o projeto seja aprovado pela maioria dos deputados, o Estado teria que desembolsar R$ 1,5 milhão por ano, a partir de 2018.

Na Assembleia, a proposta foi duramente criticada por parlamentares, muitos dos quais lembram que o governador tenta aprovar um teto de gasto no Estado para se adequar ao refinanciamento da dívida com a União e, portanto, esse reajuste de salário é um contrassenso.

“Isso é brincadeira, o que está acontecendo no Estado de São Paulo? E o enfermeiro, o policial e o professor? Cadê o seu projeto de reajuste nesse sentido?”, disse o deputado Coronel Camilo (PSB), da tribuna.

Segundo o parlamentar, a remuneração média de um procurador do Estado foi, em agosto, de R$ 21,8 mil. “Trata-se de média muito grande remuneratória, comparando a outros funcionários públicos”, afirmou o deputado.

Em meio à polêmica, Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada, o Coronel Telhada, anunciou que estava deixando o PSDB. Indignado, ele disse não “ver coerência na política adotada pelo governador de querer congelar reajustes de uns, mas, ao mesmo tempo, solicitar o aumento para uma classe privilegiada do funcionalismo público”.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades
Fechado para comentários

Veja também

Esquece CPMF. Proposta econômica de Bolsonaro é muito pior (para os pobres)

Nesta semana, todas as atenções se voltaram para a declaração de Paulo Guedes, guru financ…