Início Mauá Câmara de Mauá pretende economizar R$ 2,7 milhões com cortes de assessores

Câmara de Mauá pretende economizar R$ 2,7 milhões com cortes de assessores

Comentários desativados em Câmara de Mauá pretende economizar R$ 2,7 milhões com cortes de assessores
0
4,454

A Câmara de Mauá quer economizar R$ 2,7 milhões por ano, a partir de 2021, com a redução de sete para quatro assessores por gabinete. Após pressão do Ministério Público (MP), o Legislativo aprovou, no dia 24 de outubro, a reforma administrativa do quadro de funcionários da Casa.

Segundo o presidente da Câmara, Admir Jacomussi (PRP), 69 cargos comissionados serão extintos, ocupados atualmente por Assessor de Relações Comunitárias e de Articulação Política. Os cortes na Casa serão gradativos. As primeiras demissões devem ocorrer em janeiro de 2016, quando será reduzido de sete para seis o número de auxiliares a que cada parlamentar tem direito.

Em janeiro de 2021, quando a Casa iniciará novo mandato, serão extintos mais 46 cargos, limitando em quatro o número de assessores. De acordo com o MP, havia um desequilíbrio na quantidade de funções de livre provimento e no total de cargos efetivos. Além disso, o Ministério Público questionou a inexistência de exigência por escolaridade mínima para a ocupação dos cargos.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Mauá
Fechado para comentários

Veja também

TCE suspende, mais uma vez, licitação de Orlando Morando para coleta de lixo em São Bernardo

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu, mais uma vez, a licitação do prefeito Orla…