Início Mauá Câmara de Mauá pretende economizar R$ 2,7 milhões com cortes de assessores

Câmara de Mauá pretende economizar R$ 2,7 milhões com cortes de assessores

0
0
343

A Câmara de Mauá quer economizar R$ 2,7 milhões por ano, a partir de 2021, com a redução de sete para quatro assessores por gabinete. Após pressão do Ministério Público (MP), o Legislativo aprovou, no dia 24 de outubro, a reforma administrativa do quadro de funcionários da Casa.

Segundo o presidente da Câmara, Admir Jacomussi (PRP), 69 cargos comissionados serão extintos, ocupados atualmente por Assessor de Relações Comunitárias e de Articulação Política. Os cortes na Casa serão gradativos. As primeiras demissões devem ocorrer em janeiro de 2016, quando será reduzido de sete para seis o número de auxiliares a que cada parlamentar tem direito.

Em janeiro de 2021, quando a Casa iniciará novo mandato, serão extintos mais 46 cargos, limitando em quatro o número de assessores. De acordo com o MP, havia um desequilíbrio na quantidade de funções de livre provimento e no total de cargos efetivos. Além disso, o Ministério Público questionou a inexistência de exigência por escolaridade mínima para a ocupação dos cargos.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Mauá

Deixe uma resposta

Veja também

Natal solidário: compre presentes produzidos por seu vizinho

A um pouco mais de um mês do Natal, muita gente deve estar pensando no que dar para filhos…