Início São Bernardo do Campo Falta planejamento, quem sofre é a população de SBC

Falta planejamento, quem sofre é a população de SBC

Comentários desativados em Falta planejamento, quem sofre é a população de SBC
0
2,715

Mais um exemplo da falta de planejamento na execução de obras públicas em São Bernardo do Campo. A interdição da Avenida Pery Ronchetti com a Rua Princesa Maria Amélia. Este cruzamento é muito importante para o sistema viário municipal, envolve a circulação de muita gente que leva seus filhos para o Colégio Petrópolis e muita gente que vem do centro e vai para a Vila Baeta Neves, fugindo do trânsito da Rua Marechal Deodoro, além, é obvio, dos moradores locais, principalmente, os de um grande condomínio que tem a entrada de veículos pela Pery Ronchetti.

As obras de canalização do rio são muito importantes para a cidade, portanto, nada contra, o problema é em relação à ponte deste cruzamento. Planejaram começar a obra no dia 31 de outubro, o que de fato ocorreu. Trabalharam nos dias 31 e 1º de novembro e, há quatro dias, está tudo parado. Explico: não trabalharam no dia 2 (feriado de Finados), emendaram a sexta-feira e chegou o sábado e domingo. Portando, quatro dias de interdição e problema para os moradores por conta de dois dias trabalhados.

Planejamento significa o uso racional de recursos levando em conta o bem público e o da sociedade. Se era para ficar quatro dias com a via interditada, por que não começaram a obra na segunda-feira, dia 6? Desta forma, haveria cinco dias de trabalho antes do próximo fim de semana. Não é preciso ser engenheiro para perceber isto. Na secretaria que executa a obra falta alguém que tenha sensibilidade com os moradores do entorno.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo
Fechado para comentários

Veja também

Câmara de São Caetano aprova fim de repasse ao Consórcio Intermunicipal

A Câmara Municipal de São Caetano do Sul aprovou ontem (19) o corte de repasse ao Consórci…