Início São Bernardo do Campo Falta planejamento, quem sofre é a população de SBC

Falta planejamento, quem sofre é a população de SBC

0
0
482

Mais um exemplo da falta de planejamento na execução de obras públicas em São Bernardo do Campo. A interdição da Avenida Pery Ronchetti com a Rua Princesa Maria Amélia. Este cruzamento é muito importante para o sistema viário municipal, envolve a circulação de muita gente que leva seus filhos para o Colégio Petrópolis e muita gente que vem do centro e vai para a Vila Baeta Neves, fugindo do trânsito da Rua Marechal Deodoro, além, é obvio, dos moradores locais, principalmente, os de um grande condomínio que tem a entrada de veículos pela Pery Ronchetti.

As obras de canalização do rio são muito importantes para a cidade, portanto, nada contra, o problema é em relação à ponte deste cruzamento. Planejaram começar a obra no dia 31 de outubro, o que de fato ocorreu. Trabalharam nos dias 31 e 1º de novembro e, há quatro dias, está tudo parado. Explico: não trabalharam no dia 2 (feriado de Finados), emendaram a sexta-feira e chegou o sábado e domingo. Portando, quatro dias de interdição e problema para os moradores por conta de dois dias trabalhados.

Planejamento significa o uso racional de recursos levando em conta o bem público e o da sociedade. Se era para ficar quatro dias com a via interditada, por que não começaram a obra na segunda-feira, dia 6? Desta forma, haveria cinco dias de trabalho antes do próximo fim de semana. Não é preciso ser engenheiro para perceber isto. Na secretaria que executa a obra falta alguém que tenha sensibilidade com os moradores do entorno.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em São Bernardo do Campo

Deixe uma resposta

Veja também

Natal solidário: compre presentes produzidos por seu vizinho

A um pouco mais de um mês do Natal, muita gente deve estar pensando no que dar para filhos…