Início Categorias Cidades Ignorada por Doria, Casa da Mulher é ocupada em São Paulo

Ignorada por Doria, Casa da Mulher é ocupada em São Paulo

0
0
1,702

O Movimento de Mulheres de São Paulo ocupou neste domingo (29) a sede da Casa da Mulher Brasileira, em São Paulo. O movimento também realizou uma “inauguração popular” do projeto. A Casa da Mulher Brasileira, equipamento público destinado ao atendimento de mulheres em situação de violência, é parte do programa federal, implementado pelo governo Dilma Rousseff, e foi uma das ações da Secretaria de Políticas para as Mulheres.

A Casa, cuja inauguração deveria ter ocorrido no início deste ano, seguia fechada pelo governo tucano de João Doria.  Desde o início do ano, o movimento de mulheres vem exigindo da atual gestão informações sobre o equipamento, bem como um prazo para sua inauguração. Frente às sucessivas evasivas e o congelamento do orçamento destinado a políticas para as mulheres realizado pela atual gestão do PSDB, as mulheres ocuparam a Casa da Mulher Brasileira para denunciar o descaso do governo Doria com as mulheres de São Paulo.

Não é a primeira vez que as mulheres saem às ruas contra a política de Doria. Em agosto deste ano, o movimento realizou uma manifestação no Centro de São Paulo denunciando a precarização dos serviços voltados ao atendimento das mulheres em situação de violência.

A programação da Inauguração Popular inclui oficinas sobre diversos temas, como a da violência. Além disso, o movimento promete manter no ar uma programação de rádio durante todo o dia. Para isso, farão uso de um transmissor de rádio construído pelas próprias mulheres. Na segunda-feira (30), elas pretendem sair em marcha até a Prefeitura para denunciar o descaso da gestão de Doria com as políticas de proteção a mulheres e entregar documento com as reivindicações às autoridades.

A Casa da Mulher Brasileira fica na rua Vieira Ravasco, 26, no Cambuci.

[layerslider id=”7″]
Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Cidades

Deixe uma resposta

Veja também

Natal solidário: compre presentes produzidos por seu vizinho

A um pouco mais de um mês do Natal, muita gente deve estar pensando no que dar para filhos…