Início Sua Opinião O assalto na conta de energia elétrica

O assalto na conta de energia elétrica

0
0
13,959

De surpresa e de imediato, aumento de 43% na bandeira vermelha. Redução de 50% na bandeira amarela. O que significa isto na sua conta de energia? Significa aumento e dos grandes.

As bandeiras surgiram para indicar de onde vem a energia elétrica. Se tem chuvas suficientes, os reservatórios cheios, daria para ficar sem bandeira nenhuma. A amarela é quando parte da energia é produzida por térmicas. A vermelha é quando os reservatórios estão baixos e muita energia tem de ser produzida por térmicas.

Aliás, as térmicas são movidas a gás natural, diesel, carvão e biomassa. Portanto, como aumentou-se e muito o preço do gás e do diesel, lógico, fica ainda mais cara produzir energia elétrica. Também é um sinal para os investidores que querem comprar a Eletrobrás. O recado do governo é que podem ficar tranquilos, pois o sistema brasileiro conta com mecanismos para aumentar preços sem as pessoas perceberem.

Toda vez que você consumir mais de 100 kW, entra a taxa de R$ 5 na conta. Preste atenção: a cada 100 kW, mais 5 reais. Uma empresa, um comercio ou um condomínio vão pagar vários 5 reais. Por que a bandeira amarela baixou? Porque agora só vai ter a vermelha. Por que baixou então? Só para dizer que aumentou uma e baixou a outra, mas de nada ela nos serve.

Aos críticos do governo Lula/Dilma vai mais uma dica: hoje, cerca de 10% da energia consumida no Brasil é produzida pelo vento, a energia eólica. Se não fosse isto, em vez dos 5 reais, o consumidor estaria pagando um valor maior.

É preciso rediscutir a matriz energética brasileira, ampliar a produção de energia eólica e de hidroelétricas, entrar pesado com a energia solar, que também não trariam problemas ecológicos nem o aumento de preços quando o nível de chuvas não fosse suficiente.

Como discutir o crescimento do Brasil se o Estado sequer cuida de aumentar a oferta de energia? A resposta: aumentando o preço ao consumidor final é que não é!

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Sua Opinião

Deixe uma resposta

Veja também

Natal solidário: compre presentes produzidos por seu vizinho

A um pouco mais de um mês do Natal, muita gente deve estar pensando no que dar para filhos…