Início Últimas Notícias Arrecadação com multas cresce na gestão Atila e ultrapassa R$ 22,6 milhões em 10 meses

Arrecadação com multas cresce na gestão Atila e ultrapassa R$ 22,6 milhões em 10 meses

Comentários desativados em Arrecadação com multas cresce na gestão Atila e ultrapassa R$ 22,6 milhões em 10 meses
0
296

 

A cidade de Mauá ultrapassou, em outubro, a estimativa de arrecadação de multas prevista no Orçamento 2017. De acordo com o Portal da Transparência, a Prefeitura projetava arrecadar R$ 22,6 milhões por meio de infrações de trânsito, no entanto, já  contabilizou, ao Fundo Municipal de Transporte e Trânsito, a quantia de R$ 22.616.174,10, em apenas 10 meses de gestão do governo Atila Jacomussi (PSB).

Excesso de velocidade, estacionamento em local proibido, falta do uso de cinto de segurança foram as infrações que mais contribuíram para o crescimento da arrecadação de receita.

Segundo dados do Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), Mauá tem 216.024 veículos de todas as modalidades. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que toda a receita de arrecadação com a cobrança de multas de trânsito tem que ser aplicada em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.

Em nota, a Prefeitura de Mauá ressaltou que existe um alto fluxo de veículos circulando na cidade por contas das rodovias que a cortam, como Jacu Pêssego, Rodoanel, Papa João XXII, São Caetaninho e Sete Cruzes. “Em todos os casos, os radares são usados como segurança para que os motoristas mantenham a velocidade permitida na via e evitem acidentes”, informa a nota.

Cidades vizinhas – Em Santo André, a previsão para este ano é de R$ 35,71 milhões com multas a motoristas. Até o momento, a cidade comanda pelo tucano Paulo Serra já contabilizou aos cofres públicos R$ 22,85 milhões.

São Bernardo do Campo, administrada pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), tem a estimativa de R$ 23 milhões de  arrecadação com multas de trânsito para 2017, porém, até o início de outubro, contabilizou R$ 19.93 milhões.

Em Diadema, a projeção é de R$ 15,5 milhões em infrações de trânsito até o fim do ano. Entretanto, a gestão de Lauro Michels (PV), destinou até o momento R$ 9 milhões ao Fundo Municipal de Transporte e Trânsito.

A cidade de São Caetano tem previsão de arrecadar R$ 11,5 milhões com multas ao fim de dezembro. Até o momento, o executivo de José Auricchio Júnior (PSDB) somou R$ 11,28 milhões.

Carregar artigos semelhantes
Carregar mais em Últimas Notícias
Fechado para comentários

Veja também

PPS fecha questão a favor da Reforma da Previdência, e agora Alex Manente?

O PPS, assim como o PMDB e o PTB, fechou questão a favor da Reforma da Previdência. Isso s…